24/04/2011

Minhas aventuras em França, Bélgica e Holanda

Passei 1 mês fora de Portugal, estava mesmo precisando...quem convive diretamente comigo sabe que no inverno eu fico insuportável...sinto muito a falta do sol na minha vida, sinto falta de ver pessoas, de ver cores. E no inverno é tudo tão cinzento, as roupas tão escuras...fico tanto só em casa vendo Friends (só pra esclarecer, eu tenho a série completa, e já vi todos os episódios,e já estou na terceira volta hahaha gosto de ver a sequência poxa!) E fico deprimida pq não vivo em Nova York ao invés de Lisboa e pq não tenho 6 amigos meus vizinhos :-/ Bem, já deu pra sentir o meu estado de espírito né? Então resolvemos passar um tempo fora de Portugal, a crise economica do país, veio impulsionar o desejo de sair daqui um pouco e experimentar novos ares.

E tudo começou assim:
Vôo Lisboa- Lyon dia 01 de março.
Chegamos em Lyon, adoramos a cidade...a energia...e tudo tão lindinho! Com exceção do hotel que ficamos, que mais parecia um bordel antigo francês. Mas era limpinho, pelo menos...e depois alugamos uma kitnet e a coisa melhorou muito



Lyon

Vôo Lyon-Bruxelas
Aproveitamos a proximidade e fomos visitar a minha sogra que vive em Bruxelas. Foi legal ter conhecido Bruxelas...mas é uma capital mesmo para trabalhar...não há muita coisa pro turista...mas conheci o centro antigo, o parlamento europeu e vi manifestações. Bruxelas vive disso. rs
Mas tem tbm suas tradições, sua comida típica: as moules com batatas fritas, a cerveja...ahhh a cerveja! e os chocolates belgas...comi tão bem rsrs


Moules com Batatas fritas e Perdida em uma loja de chocolates


Trem Bruxelas-Amsterdam
Passamos o dia em Amsterdam, 2:30hs de viagem de trem, por 25€ ida e volta! Promoção de Primavera :-D Foi um dia incrível. Adorei Amsterdam! A cidade é lindinha, muitos rios, muitas pontes, a cerveja é fantástica, o queijo idem! Até fui ver as meninas que vendem seus corpinhos nas vitrines - o bairro da luz vermelha. Fica mesmo no centro, atrás de uma igreja com arquitetura antiga, belíssima e lá estão elas...passei por algumas ruas e me diverti com aquilo. Claro que uma vez por outra, durante o passeio por Amsterdam chegava até o meu nariz, o odor da canabis...normal. Em Amsterdam é tudo normal! Mas de fato, a cidade é super interessante e divertida!
Amsterdam


Bruxelas-Paris
Dessa vez a promoção era o Bus. 36€ ida e volta. Fomos em um dia, ficamos num hotel e voltamos no dia seguinte a noite. Foi fantástico conhecer Paris. Chegamos, fomos direto ao hotel, não que a gente tivesse mala, mas só pra fazer o check-in e ver por onde começar com mapas na mão. Primeira paragem, era super perto do hotel Moulin Rouge. Depois Rio Siena, Hard Rock Café Paris - nós adoramos esse bar. E quando chegamos ao Louvre já era noite...e como era uma terça-feira, 20:30hs, não havia quase ninguém no Louvre, e graças a isso, tiramos fotos incríveis. Ainda essa noite, fomos ver a dona da casa, a Torre Eiffel. Foi fabuloso, ela é muito mais bonita a noite. Não tive coragem de subir na torre, é com vergonha que assumo que tenho medo de alturas. Preferi obervar com os pés bem assentes na terra. E qdo estávamos embaixo da torre, fui pedida em casamento! Sim, senhores, oficialmente, fui pedida em casamento embaixo da torre Eiffel! Foi lindo!

Paris



Dia seguinte, fomos a Catedral de Notre Dame, depois ao Estádio do Paris Saint-Germain e ao Complexo de Tennis Roland Garros - programação masculina da viagem e visitamos a rua das lojas mais famosas do mundo.

Paris é mesmo um charme, e ver aquelas senhoras francesas, com chapéu e sua cigarrilha, sentadas de pernas cruzadas e tomando café, foi o máximo!
Depois de 1 mes fora, voltar pra casa é maravilhoso! Dormir na nossa cama. Acordar e ter roupa pra lavar, malas pra desfazer...tudo isso a gente faz até com alegria...tamanha a saudade de casa.
E o bom de voltar pra casa e ficar a pensar onde será a próxima viagem!

Au revoir!!











18/09/2010

Quero ser um Yogue



Desde há muito tempo, que eu caminho pela vida a buscar um conhecimento maior...

Não sei exatamente explicar quando foi que tudo começou...quando foi que eu comecei a suspeitar que a vida não era só nascer, crescer, ter filhos ou não e morrer.

Isso em mim, foi meio empírico...faltava qualquer coisa, qualquer explicação...

E nessa busca já andei a estudar muitas coisas...ler muito, ser testemunha de situações transcendentes e fui criando a minha forma de estar na vida.

Dentre os meus amigos, há pessoas que comungam do mesmo pensamento que eu, há outros que não...e confesso que não sou do tipo de pessoa que quer que o mundo inteiro pense como eu, mas se quiser saber como eu penso, vou adorar te contar.

Claro que o caminho não é linear...e não é fácil...há momentos que estou menos voltada para o meu equilíbrio interior, há outros que sinto como se fosse uma necessidade fisiológica. Mas equilíbrio interior não é físico né? As vezes, pra mim parece...

Tive quase 10 anos, semi-vegetariana...rs (com perdão aos vegetarianos), ou seja não comia carne vermelha...depois com minha mudança de país e vivendo em casa de outras pessoas, achava mal, dizer não como isso, ou não como aquilo e fui voltando a comer carne vermelha...mas volto a sentir vontade de ser semi-vegetariana outra vez...

Cortar completamente o consumo de carne e derivados, nesse momento, não quero. Amanhã, pode ser...

As últimas coisas que estive a ler sobre auto conhecimento, tinha a ver com o poder do pensamento, nossa, pra mim, isso fez todo sentido. Vc pensa, ou seja deseja e acontece. Mas mais que pensar, é preciso sentir...em outras palavras, isso se chama fé, que também é popularmente conhecido, por ACREDITAR. Parece fácil né? Mas é um exercício diário...e precisa de concentração no que vc quer e no alinhamento com o universo para poder receber. Gratidão é uma energia que nos faz alinhar com as boas energias do universo e que faz com que nossos desejos tornem-se realidade mais facilmente. Só que temos que estar atentos, porque nossos maus pensamentos também tornam-se realidade: "não posso sujar essa roupa" já é meio caminho para sujá-la. Não é muito fácil...mas tudo é uma questão de treino. Não permitir que tenha pensamentos desanimadores e pessimistas, agradecer por tudo que tem, pelo acordar, pelo dia, pela vida...agradeça! Até porque, é realmente uma dádiva, tudo que temos.

Sinto dores nas costas. É complicado, Fisioterapeuta com dores na coluna. Mas quando digo coluna, é mesmo na coluna toda, dói-me a lombar, dói-me a dorsal, dói-me a cervical. Sei que preciso fazer uma atividade física pra fortalecer minha musculatura, se não vou precisar logo, logo, de um colega para me tratar. Baseada nessa minha necessidade, fui buscar uma atividade que fizesse sentido pra mim, me ajudasse a alinhar o meu eixo físico, a coluna. E pensando no eixo, no equilíbrio, se eu pudesse juntar isso a uma terapia que equilibrasse minhas energias...era o melhor que eu poderia encontrar.

Estou lendo: Comer, Orar e Amar de Elizabeth Gilbert ( mais que recomendo) e é fabuloso. Sinto-me sua melhor amiga...rs. E foi ela que me deu essa idéia: Yoga.

Eu, na minha ignorância pensava na Yoga como exercício puro e simples, quando descubro uma filosofia de vida na Yoga, com equilíbrio do corpo e mente...

Não há maneira de ter um corpo equilibrado, se a alimentação não estiver equilibrada e o espírito não estiver equilibrado.

Calma, paciência, silêncio, meditação...tudo isso nos aproxima das mais puras energias cósmicas. Das energias de Deus.

Estou apaixonada.

Adoro estar apaixonada.

Não é por alguém apenas, é pela humanidade, é por mim, é pelo planeta. Um amor maior do que eu algum dia supunha sentir.
O espiritismo, a lei da atração, a yoga...são filosofias que se entrelaçam, que têem pontos de interseção entre elas e eu sou um pouco de tudo isso.

Eu desejo que você também descubra o que faz sentido para sua vida, e que busque sua alegria, e sinta AMOR.

23/08/2010

Em comemoração aos 12 últimos meses - Avaliação.

Eu acho que toda pessoa que se casa tem algum probleminha de adaptação com a "cara metade"...

Por mais alma gêmea que sejam, há sempre um período muito estranho, onde ambos vão descobrir quem verdadeiramente escolheu pra dividir o mesmo teto.

Eu confesso que estou feliz com minha escolha, mas tbm confesso que passei por esse período sensível -se é que passou.

Claro que, eu tive de me lembrar de me casar com alguém de uma cultura diferente da minha e filho único, pra ficar mais fácil...achei eu...

Então deixo aqui meu protesto contra as mães portuguesas, que criam seus queridos pimpolhos para serem os reis do sofá e do "querida, faz-me isso"

Por sorte, ou azar do meu marido, ainda não sei bem, cheguei eu, pra acabar com a festinha. (pensei eu...)

- Enquanto eu faço isso, vc faz aquilo, pode ser?
- Sim, tá bem, eu adoro ajudar-te.
- Ótimo, então eu faço o jantar e vc lava a louça, combinado?
- Sim, acho bem.

2 semaninhas depois...

- Uma linda máquina de lavar louça pra vc !!!
- Vai ficar bem aqui na cozinha...tava mesmo faltando alguma coisa embaixo dessa bancada. Mas bem, se vc já não vai mais lavar a louça, então é o seguinte, eu continuo fazendo o jantar, e vc cuida da roupa, pode ser?
- Sim, sim, claro. Eu acho bem.

2 dias depois

- Olha, já combinei com a Zeza, ela vem cuidar da nossa roupa todas as semanas.
- Que ótimo. Já que vc resolveu o problema da louça e o problema da roupa...pode me ajudar a limpar a casa, e quem sabe, aprender a fazer o jantar...pra não ser só eu, e pra gente sentir que as tarefas estão bem dividias pode ser?
- Claro, vc sabe que eu te ajudo sempre em tudo que vc me pede.

Sexta-feira à noite, eu ainda no trabalho, ligo:
- To tão cansada, pode tentar fazer o jantar sozinho?
- Faço sim...vc chega em meia hora?
- Sim, daqui a pouco já estou em casa.
- Qdo chegar o jantar vai estar pronto.
Ao chegar em casa. Pizza! Diretinho do PizzaHut
E assim vamos vivendo...e nos dando bem.
E é claro que até hoje sou eu a fazer o jantar e a limpar a casa.
Esse mês fizemos 1 ano de casados...e tenho que admirar a destreza que ele tem em não fazer nada em casa e nunca me dizer "não"

Foram ótimos esse últimos 12 meses...
Ele é ou não é um artista? rs


26/07/2010

O mundo de Regeneração




Acho que de uma coisa todos nós temos certeza: estamos a atravessar um momento de grande transformação no nosso planeta. Econômica, Geológica, Natural e consequentemente moral.


E acreditando ou não, fomos avisados. Nostradamus, o livro do Apocalipse, o calendário Maia e muitas outras fontes de previsões.


Bezerra de Menezes, em uma mensagem psicofônica, recebida pelo médium Divaldo Franco, e publicado na revista o Reformador, em junho de 2010, vem reafirmar essa grande mudança e que eu abaixo transcrevo algumas partes.


"Esses dias assinalam uma data muito especial, a data da mudança do mundo de provas e expiações para o mundo de regeneração. A grande noite que se abatia sobre a terra lentamente deu lugar ao amanhecer de bênçãos. Retroceder não é mais possível. "


"Seremos convidados, não somente ao aplauso, ao entusiasmo, ao júbilo, mas também ao testemunho. O testemunho silencioso nas paisagens internas da alma. O testemunho por amor àqueles que não nos amam. O testemunho de abnegação no sentido de ajudar aqueles que ainda se comprazem em gerar dificuldades, tentando inutilmente obstaculizar a marcha do progresso.

Iniciada a grande transição, chegaremos ao clímax, e na razão direta em que o planeta experimenta as suas mudanças físicas, geológicas, as mudanças morais são inadiáveis."


"Que sejam o nosso escudo o amor, as nossas ferramentas o amor e a nossa vida um hino de amor."


Penso, que não há mais dúvidas que é chegada a hora de estarmos completa e definitivamente em sintonia com Deus. Que o amor, a caridade, a generosidade e o agradecimento devem ser os únicos sentimentos em nossos corações. Não há mais tempo para passarmos indiferentes à vida. Perdõe, agradeça, ame, sintonize os melhores sentimentos em seu coração, que eu, vou buscar fazer o mesmo.

Seja Feliz e Agradeça.

24/07/2010

Meu Sol, meu querido Sol


Finalmente o verão!!!
Eu já pensava que nunca mais a estação mais esperada do ano chegasse...

Ui, como demorou.

O astro-rei lindo, brilhante, com toda sua força e nenhuma nuvem no céu.
Que dia espetacular!

Nós só damos valor as coisas que perdemos...depois que me mudei para Lisboa, é que entendi como é importante para o bom humor das pessoas, para a alegria, ter a luz do sol, ter calor.

Hoje tirei o pó da prancha de bodyboard e do neoprene (apesar do calor, a água do mar é muuuito fria)

Então de volta à praia depois de um longo e tenebroso inverno...fiquei tipo bichinho curioso observando o comportamento das pessoas...e o meu tbm!
A sensação foi que estávamos todos ali, saudando o sol...e agradecendo.
Praia cheia!!!

E a seguir comecei a lembrar dos verões que passei no Brasil...fui tão feliz.
E como num raio de segundos comecei a fazer a comparação de um dia de praia no Brasil e um dia de praia em Portugal.

Em Portugal, não há música altíssima vindo sabe lá Deus de onde, com o último hit do axé music. Também não há vendedores na praia...não consigo comprar um sorvete, nem uma cervejinha, nem um churrasquinho de camarão, nem pastel de pizza, nem empadinhas, nada, nada, nada.
Quem quiser, que vá ao restaurante mais próximo e desenrasque. Ou leve sua frutinha e água. Sim, eles são fofinhos e saudáveis...comem fruta e bebem água na praia...
E eu morta por um churrasquinho de queijo coalho e desejando um vendedor de cerveja ambulante.
Ninguém fala alto, não ouve-se gritos...a única coisa que ouço, qdo estico bem o ouvido, são 3 alemães do meu lado esquerdo, vários espanhois a passar e um casal francês deitados embaixo do guarda sol, atrás de nós...de resto, provavelmente portugueses, a ler seu livrinho, ou sua revista, fones no ouvido com o mp3...e até as crianças são silenciosas...brincam, divertem-se...mas sossegadinhas sem gritos. E com essa calmaria toda...dormi, claro.

Tão bom o verão!
Estou tão feliz e agradeço!

P.S: foto Costa da Caparica, onde vivo ;-)

12/07/2010

Copa do Mundo ou Jogo do bicho?



Não sei, só sei que nunca na história, e mais ainda na história do futebol apareceram tantos bichos palpiteiros.

Bichos videntes!!! Fantástico! E a consulta custa apenas uma refeição!!!
Além de videntes ( e dos bons, não erram uma!!!) cobram baratinho!!!

Polvo, crocodilo, panda e periquito!

Mas é que eu só queria entender, de quem foi a idéia de por a comida junto com a bandeira do time que ia jogar para os bichinhos irem lá escolher???

E será que eles sabem o que vai dar no jogo do bicho?
E trás de volta a pessoa amada em 3 dias?
:-p
Bem, pra nós torcedores brasileiros, foi ainda o melhor que o Mundial de Futebol na Africa do Sul pode nos trazer...