18/09/2010

Quero ser um Yogue



Desde há muito tempo, que eu caminho pela vida a buscar um conhecimento maior...

Não sei exatamente explicar quando foi que tudo começou...quando foi que eu comecei a suspeitar que a vida não era só nascer, crescer, ter filhos ou não e morrer.

Isso em mim, foi meio empírico...faltava qualquer coisa, qualquer explicação...

E nessa busca já andei a estudar muitas coisas...ler muito, ser testemunha de situações transcendentes e fui criando a minha forma de estar na vida.

Dentre os meus amigos, há pessoas que comungam do mesmo pensamento que eu, há outros que não...e confesso que não sou do tipo de pessoa que quer que o mundo inteiro pense como eu, mas se quiser saber como eu penso, vou adorar te contar.

Claro que o caminho não é linear...e não é fácil...há momentos que estou menos voltada para o meu equilíbrio interior, há outros que sinto como se fosse uma necessidade fisiológica. Mas equilíbrio interior não é físico né? As vezes, pra mim parece...

Tive quase 10 anos, semi-vegetariana...rs (com perdão aos vegetarianos), ou seja não comia carne vermelha...depois com minha mudança de país e vivendo em casa de outras pessoas, achava mal, dizer não como isso, ou não como aquilo e fui voltando a comer carne vermelha...mas volto a sentir vontade de ser semi-vegetariana outra vez...

Cortar completamente o consumo de carne e derivados, nesse momento, não quero. Amanhã, pode ser...

As últimas coisas que estive a ler sobre auto conhecimento, tinha a ver com o poder do pensamento, nossa, pra mim, isso fez todo sentido. Vc pensa, ou seja deseja e acontece. Mas mais que pensar, é preciso sentir...em outras palavras, isso se chama fé, que também é popularmente conhecido, por ACREDITAR. Parece fácil né? Mas é um exercício diário...e precisa de concentração no que vc quer e no alinhamento com o universo para poder receber. Gratidão é uma energia que nos faz alinhar com as boas energias do universo e que faz com que nossos desejos tornem-se realidade mais facilmente. Só que temos que estar atentos, porque nossos maus pensamentos também tornam-se realidade: "não posso sujar essa roupa" já é meio caminho para sujá-la. Não é muito fácil...mas tudo é uma questão de treino. Não permitir que tenha pensamentos desanimadores e pessimistas, agradecer por tudo que tem, pelo acordar, pelo dia, pela vida...agradeça! Até porque, é realmente uma dádiva, tudo que temos.

Sinto dores nas costas. É complicado, Fisioterapeuta com dores na coluna. Mas quando digo coluna, é mesmo na coluna toda, dói-me a lombar, dói-me a dorsal, dói-me a cervical. Sei que preciso fazer uma atividade física pra fortalecer minha musculatura, se não vou precisar logo, logo, de um colega para me tratar. Baseada nessa minha necessidade, fui buscar uma atividade que fizesse sentido pra mim, me ajudasse a alinhar o meu eixo físico, a coluna. E pensando no eixo, no equilíbrio, se eu pudesse juntar isso a uma terapia que equilibrasse minhas energias...era o melhor que eu poderia encontrar.

Estou lendo: Comer, Orar e Amar de Elizabeth Gilbert ( mais que recomendo) e é fabuloso. Sinto-me sua melhor amiga...rs. E foi ela que me deu essa idéia: Yoga.

Eu, na minha ignorância pensava na Yoga como exercício puro e simples, quando descubro uma filosofia de vida na Yoga, com equilíbrio do corpo e mente...

Não há maneira de ter um corpo equilibrado, se a alimentação não estiver equilibrada e o espírito não estiver equilibrado.

Calma, paciência, silêncio, meditação...tudo isso nos aproxima das mais puras energias cósmicas. Das energias de Deus.

Estou apaixonada.

Adoro estar apaixonada.

Não é por alguém apenas, é pela humanidade, é por mim, é pelo planeta. Um amor maior do que eu algum dia supunha sentir.
O espiritismo, a lei da atração, a yoga...são filosofias que se entrelaçam, que têem pontos de interseção entre elas e eu sou um pouco de tudo isso.

Eu desejo que você também descubra o que faz sentido para sua vida, e que busque sua alegria, e sinta AMOR.